Os riscos que um Empreendedor corre ao abrir um Negócio

Para ter seu próprio negócio, existem alguns riscos que o empreendedor precisa correr. É claro, que muitos outros riscos podem ser eliminados, mas alguns fazem parte do jogo, não há como evitar.

Empreender é quase sinônimo de assumir riscos. Para montar o seu próprio negócio, você tem que colocar a sua carreira, finanças pessoais e até mesmo sua tranquilidade em jogo.

correndo risco

Para muitas pessoas sair da sua zona de conforto e arriscar algo novo chega a ser impossível por questão de Medo, Porém se você quer ser dono(a) do seu tempo, do seu próprio trabalho, correr esse risco é realmente necessário. Não procrastinar é o primeiro mandamento de um Empreendedor. Se você tem uma ideia de modelo de negócio inovador, não tenha MEDO de seguir em frente.

De qualquer forma existem riscos que o empreendedor precisa correr, são os chamados riscos sistêmicos do negócio. Esse é um desafio que você tem que encarar de frente e não há o que você faça que possa eliminá-los.

O risco de abandonar seu salário fixo

Esse é o grande tormento para uma pessoa que quer se tornar um Empreendedor. É inevitável, será a primeira barreira que você irá enfrentar, a dica é, em um primeiro momento, até atingir sua estabilidade no seu Negócio, concilie seu Emprego fixo com seu Empreendimento. Assim que consolidado, desfaça esse laço de uma vez.

Para a maioria dos empreendedores, iniciar o seu próprio negócio é uma decisão arriscada. Não basta bater na mesa e dizer “Eu quero montar meu próprio negócio!“ e pronto, está tudo resolvido.

Não há nenhuma garantia de renda pessoal, principalmente nos primeiros meses ou até anos do negócio, além disso, você estará tão atarefado, que não terá como garantir uma fonte alternativa de receita.

Claro que há suas exceções, recentemente vi uma matéria de um casal que largou tudo, venderam carro, e abriram um negócio totalmente novo em seu estado, estudaram bastante o mercado, com um investimento de aproximadamente 60 mil, em 2 meses de negócio já estavam lucrando 30 mil por mês. O negócio era um açougue Vegano. Com amplo número de consumidores e pioneiros no Estado, sucesso certo.

Risco de perda de capital próprio

Com as taxas de juros praticadas atualmente no Brasil, abrir um negócio com capital originário de empréstimos bancários pode não ser a melhor opção. Seria interessante possuir capital próprio para injetar em seu negócio e assumir os riscos dessa decisão.

Este é um risco que você pode compartilhar encontrando um sócio para a empreitada, mas mesmo assim ele continuará existindo.

A perda de tempo pessoal

Riscos que o empreendedor precisa correr
Veja os riscos que o empreendedor precisa correr

Empreender não custa caro apenas financeiramente, mas também cobra seu tempo pessoal. Mas do que isso importa se for algo seu, e que você gosta, não é mesmo?

O inicio será duro, com muitas horas e dias dedicados a isso, mas todo seu trabalho será recompensado com a consolidação do seu negócio.

Entre os riscos que o empreendedor precisa correr está o de não conseguir aguentar essa carga de trabalho e desistir.

É claro que os resultados de um empreendimento bem sucedido, paga todo esse tempo investido, é algo que irá te motivar mais, e te dará alegria e gosto por ter continuado e lutado para conseguir o sucesso, mas você precisa estar ciente desse cenário e preparado para assumir este estilo de vida.

O risco do fluxo de caixa

Outro dos riscos que o empreendedor precisa correr é o do comportamento inesperado do fluxo de caixa. Mesmo que você disponha de uma linha de crédito para garantir o seu fluxo de caixa, o que como já disse anteriormente, no caso brasileiro é bastante arriscado, o risco desse caixa sair do controle é sempre uma preocupação.

Controle de perto esse fluxo para não ser surpreendido pelo colapso repentino do caixa e ter que tomar uma decisão em cima da hora, muita das vezes, com termos de negociação, como taxas de juros, nada favoráveis ao seu negócio. Esse é um risco inerente a qualquer negócio, portanto, esteja preparado.

O risco de expectativas não se confirmarem

Independentemente da quantidade de pesquisas que você promova antes do lançamento do seu produto ou serviço, há sempre a possibilidade de no final, você não agradar, da forma que esperava.

Não importa o quanto a pesquisa que você faz ou quantos testes você completa, você nunca será capaz de estimar o interesse popular em seu negócio com perfeita precisão. Busque validar sua ideia de negócio e se cercar de tudo que possa garantir o seu sucesso.

O público é bastante imprevisível, e mesmo com toda a tecnologia e ferramentas de pesquisa com as quais podemos contar hoje em dia, há sempre o risco de você estar superestimando o interesse pelo seu produto ou serviço, e em função disso, suas projeções estarem completamente furadas.

Veja Também: Fidelizar os antigos ou novos clientes?


Encare os riscos que todo empreendedor precisa correr

Não estou dizendo que o medo dos riscos deva afastar você da direção de ter seu próprio negócio e conquistar sua independência financeira. Eles na verdade são apenas obstáculos no meio desse caminho que você terá que superar.

Como disse anteriormente existem riscos que todo empreendedor precisa correr, seja no início ou até mesmo quando o projeto já está maduro. Ser empreendedor é correr riscos e não há como evitar. A vantagem é que você agora já os conhece e por isso está mais capacitado a vencê-los.

Compartilhe com seus amigos!

 As 36 Melhores Ferramentas para Empreendedorismo Digital!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *